Notícias

Hidratar para mais longe poder chegar!

Runner, todos nós sabemos a importância de beber água para nos mantermos saudáveis e hidratados. Mas estaremos a fazê-lo da forma certa?

A água é um dos recursos mais preciosos do nosso planeta e especialmente nós, desportistas, não podemos viver mesmo sem ela! A hidratação é fundamental para que asseguremos o bom funcionamento do organismo, ainda para mais quando submetemos o corpo a um elevado esforço físico.

Como deves saber, durante a prática de atividade física ocorrem perdas significativas de água e sais minerais. Se não os repormos devidamente, entramos em estado de desidratação, o que poderá trazer malefícios ao nosso organismo.

Neste artigo, partilhamos contigo uma série de ideias que te vão ajudar a beber água (sim, beber água tem a sua ciência) de forma a potenciares ao máximo o teu rendimento, tanto nos treinos como nas provas. Vamos a isso?

 

1. Quantidade mínima para evitar desidratação

Conforme mencionado pela clínica médica CUF, “as nossas necessidades de hidratação diárias estão associadas a fatores como a idade, sexo, profissão, tipo de alimentação, temperatura ambiente, entre outros.” Contudo, estima-se que os homens deverão ingerir diariamente cerca de 2l de água e as mulheres 1,6l.

 

2. Beber em pequenas quantidades

Cada litro de suor eliminado durante a prática de atividade física faz com que o corpo perca aproximadamente um grama de sódio. Beber grandes quantidades de água não só deixa a tua barriga em modo balão, como pode diluir o sódio presente na corrente sanguínea e levar a um quadro de hiponatremia. Por isso já sabes: dá golos pequenos cada vez que beberes água!

 

3. Antes do treino

Ingerir, em média, 0.5l de água uma hora antes do treino garante o início da atividade com um nível adequado de hidratação, além de dar tempo suficiente para eliminar o excesso de líquidos proveniente da transpiração.

 

4. Durante o treino

Nós, que treinamos sábado após sábado, sabemos bem a importância de repor líquidos durante o exercício. Afinal, é necessário compensar a perda gerada pela transpiração. Mas mais do que a quantidade, aqui o que importa é a frequência correta de ingestão de água. Assim, recomenda-se que bebamos cerca de 150 a 300 ml em intervalos regulares a cada 15 ou 20 minutos.

 

5. Depois do treino

Terminado o treino, a água é fundamental para que o nosso corpo comece o processo de recuperação ao repor os sais minerais e eletrólitos perdidos. Nesse sentido, a quantidade a ingerir deve ser maior (no mínimo 50%) do que o volume de suor perdido (cada 100 gramas de peso perdido representam aproximadamente 100 ml de suor).

 

Todas estas considerações devem ser revistas, tendo em conta a intensidade do treino, as condições ambientais e o teu nível de condição física. No caso de realizares treinos/provas com duração superior a 1 hora, aí será aconselhável a ingestão de bebidas isotônicas. Em todo o caso, é sempre bom consultares um fisiologista para esclareceres todas as dúvidas.

Atleta, com estas informações, esperamos ter-te ajudado a compreender a importância da hidratação, não só no momento do treino, mas ao longo de todo o dia!

E como o teu clube não dá ponto sem nó, dizem que no próximo treino haverão umas belas surpresas… As nossas Running Gifts estão de volta e, consegues adivinhar qual o tema? Damos-te uma pista: bebe um copo de água e chegarás à resposta…

Uma coisa é certa: tu não vais querer perder esta surpresa!

Junta-te a nós este sábado 🙂

Últimas notícias

Mais notícias